Mudança de comportamento e mercado

 

Análise dos dados de mercado aponta para um avanço marcante de categorias de detergentes líquidos para roupas

No mercado de limpeza brasileiro, os lava-roupas líquidos representam ainda uma fatia bem menor do que a dos produtos em pó – tanto em faturamento quanto em volume. O que chama a atenção, entretanto, é que os líquidos estão muito mais velozes em crescimento nos últi­mos cinco anos. Um sinalizador de que esse segmento caminha para mudanças de comportamento e consumo. As demandas cada vez mais começam a ser outras e as empresas de ponta já trabalham para atendê-las.

Os dados mais recentes da Euro­monitor para a categoria de cuida­dos com as roupas – considerando itens standards e concentrados – mostram que em 2017 o mercado de detergentes líquidos lava-roupas faturou no Brasil R$ 1,56 bilhão, um crescimento de 172,4% nos últimos cinco anos (2012/2017). No mesmo período, os produtos em pó avançaram 27% em valor. O crescimento em volume também foi maior para os líquidos. De 2012 a 2017, os lava-roupas líquidos ti­veram incremento em volume de 88,6%, enquanto os detergentes em pó registraram 3,7%.

Embora os líquidos tenham ace­lerado o seu crescimento, o que deve continuar acontecendo até 2022 pelo menos, segundo a em­ presa, os produtos em pó ainda dominam o mercado. Em valor, representam 22,5% do mercado total de limpeza no País. Enquanto isso, os líquidos são responsáveis por 7,11% do faturamento total do setor (veja tabela).

Desempenho – No mercado de la­va-roupas líquidos, um dos pontos mais relevantes é o desempenho do produto. Sua força de ação. A Novozymes é uma empresa tradi­cional desse segmento e continu­amente apresenta novidades aos fabricantes. Um destaque mais recente é sua linha Medley 2.0. Leticia Pimentel de Araújo, gerente de marketing regional na empresa, explica que são blends que garan­tem estabilidade enzimática, per­mitindo alto desempenho.

“Resolvem os principais problemas dos consumidores, como a remo­ção de manchas difíceis e as suji­dades do dia a dia em colarinhos e punhos, que ficam tão evidentes em grandes centros urbanos devi­do à poluição”, afirma.

Segundo a gerente, os fabricantes também são beneficiados. “As em­presas têm grandes vantagens por se tratarem de blends que, além de proporcionarem benefícios re­levantes para os consumidores, como cuidado das fibras e cores, e remoção de manchas, também propiciam redução de estoques, de complexidade e de custos, isso por serem altamente estáveis para detergentes líquidos”, diz.

Vida longa – Leticia aponta uma tendência de que os produtos tra­balhem na duração da ‘vida’ das roupas. “Por isso, itens que ofe­recem cuidado e também a recu­peração das fibras vão ao encon­tro do que o consumidor procura – não apenas lavar, mas também cuidar da roupa”, afirma. Eis aí, segundo ela, uma oportunidade para fabricantes que desejam bus­car inovações e trazer novidades.

Outra tendência para o segmen­to, de acordo com a executiva, é a compactação. “A compactação é uma tendência, bem como pro­dutos que cuidem das fibras, elimi­nando manchas e evitando o enve­lhecimento das roupas, mantendo o brilho das cores e a brancura.”

Na visão da gerente, é sempre possível encontrar algum ponto a melhorar e, dessa forma, pode surgir uma inovação. Ela exempli­fica, citando um tipo de benefício que pode ser considerado novo: produtos que possam remover manchas de frutas.

Aliado da fórmula – Não são só os ingredientes ativos que promo­vem eficácia. Os produtos também precisam de aliados em suas for­mulações, que ajudem a garantir qualidade e eficácia. Um deles é o conservante, tipo de matéria-prima em que empresas fornecedoras e distribuidoras também investem. A Brenntag é uma delas. Neste ano, a empresa, em parceria com a Dow Biocidas, destaca o “conservante ideal para lava-roupas líquidos”, o Bioban HG 427. Norma Clarice Gonçalves, responsável pelo de­partamento técnico da Brenntag, explica que para os fabricantes, o diferencial do produto está na bai­xa concentração de uso.

“Com isso, há o custo-benefício e a estabilidade da formulação, uma vez que apresenta uma excelente compatibilidade com os ingredien­tes principais do lava-roupas líqui­do, mantendo sua eficácia”. Para o consumidor, o benefício é “ter a segurança de ter um conservante eficaz e seguro de acordo com os órgãos regulamentadores”.

Os benefícios são diversos. Além da baixa dosagem de uso, segun­do Norma, o Bioban HG 42 pos­sui estabilidade em uma ampla faixa de pH e temperatura. “Não é doador de formaldeído e não de­compõe os corantes presentes nas formulações”, completa.

Multibenefícios – Os lava-roupas líquidos também podem oferecer benefícios variados em um único produto. Jéssica Fernandes, espe­cialista de marketing para home care na Dow, destaca duas novas soluções da empresa, deste ano, para o mercado.

A primeira é o Dowsil GP-4633, que promete facilitar o enxague na la­vagem manual de roupas. Trata-se de um silicone antiespumante en­capsulado, tecnologia patenteada pela Dow para lavagem manual ou semiautomática de roupas. “Seu mecanismo de ação é baseado na tensão superficial do sistema de lavagem para liberação do silicone. O principal diferencial competitivo é o fato de essa ser uma tecnologia concebida para economia de apro­ximadamente 50% água no enxa­gue”, ressalta Jéssica.

Outra importante tecnologia, de acordo com a executiva, é Dowsil HV 496 Emulsão, que possui “pro­priedades que trazem lubricidade ao tecido tratado, reduzem o atrito entre o tecido e o ferro de passar e facilitam o processo de passar, além, é claro, de poupar tempo, esforço e energia elétrica”. Jéssica acrescenta que esse produto tam­bém melhora a maciez dos tecidos, sem afetar negativamente o tem­po de secagem.

Lançamentos – Fabricantes que atuam no segmento de lava-roupas líquidos estão conectadas às opor­tunidades do mercado e apresen­tam novidades. A Ypê é uma delas. Em julho deste ano, a marca relan­çou o lava-roupas líquido Ypê Pre­mium, trazendo uma nova cor de lí­quido, agora verde, e uma nova cor de tampa, que passou a ser azul.

“O objetivo da mudança foi atrair atenção do consumidor no ponto de venda e transmitir a alta perfor­mance que a fórmula exclusiva do produto proporciona”, explica Ma­riane Ferraresso Jeremias, gerente de marketing da Ypê.

Um ano antes, a marca havia apre­sentado nova fórmula para o produ­to. Além de contar com cápsulas de frescor e perfume intenso, que pro­porcionam roupas perfumadas por mais tempo, passou a contar tam­bém com uma exclusiva combina­ção ‘Multienzimas + Oxigênio ativo’, que promete facilitar a remoção até mesmo das manchas mais difíceis.

Já em outubro, foi a vez do lava­-roupas líquido Tixan Ypê trazer novidades. “Agora, nossos fras­cos do lava-roupas líquido Tixan Ypê de 3 litros são feitos com PET 100% reciclado. Os rótulos des­ta embalagem contam com uma comunicação diferenciada para o comprador saber que está con­sumindo um produto que possui preocupação com o meio ambien­te”, diz a executiva.

Eficiência e boa relação custo­-benefício são os claims principais explorados nesse segmento de ne­gócios. “Com qualidade garantida desde o seu lançamento e reco­nhecida por sua eficiência na lim­peza das roupas, Tixan Ypê oferece uma excelente relação benefício x custo”, afirma Mariane.

A gerente explica que Tixan Ypê limpa as sujeiras mais difíceis, de­vido à ação de enzimas ativas, e deixa um agradável perfume que prolonga a sensação de roupa limpa. Além de trazer inovação na fórmula, as embalagens con­ferem uma identidade própria aos produtos, destacando a categoria nas gôndolas, segundo a execu­tiva. Outro destaque, segundo ela, é a tampa dosadora presente nos frascos. “Facilita a dosagem e utilização correta do produto, evitando desperdícios e riscos de vazamento”, diz.

Ação específica – Na Casa KM, as novidades deste ano para o segmento de lava-roupas líquidos foram Intimiss, especialmente de­senvolvido para o cuidado com as roupas íntimas e delicadas, e a reformulação do lava-roupas con­centrado Samper Super.

O Intimiss possui em sua formu­lação um polímero protetor que forma uma camada sobre a peça, impedindo que a sujeira penetre profundamente. “O ativo derivado de ácidos graxos e glucose oferece maior flexibilidade para as fibras e o emoliente, à base de glicerina e coco, que preserva a elasticidade entre os tecidos”, explica Aline Silva, gerente de marketing da empresa.

Ela conta que esse produto é ideal para a lavagem de lingeries, biquí­nis e roupas delicadas. “O novo Intimiss tem ação antibacteriana e também inibe o desenvolvimento de bactérias Salmonella cholerae­suis e Staphylococcus aureus, ‘vi­lãs’ das regiões íntimas”, afirma.

Já o Samper Super concentrado está com rótulo e embalagem mais modernos, segundo a execu­tiva, na cor branca, e com dupla ação (limpa e perfuma), facilitando a remoção de manchas difíceis. A embalagem tem 990 ml e permite até 30 lavagens.

Cultura fitness – A marca Ola, especializada no mercado de rou­pas delicadas, também investe em benefícios específicos e oferece ao consumidor produtos lava-roupas voltados a finalidades diferentes. Neste ano, a novidade veio com o novo Ola Sport. O produto, que é específico para roupas esportivas, remove as manchas de suor em roupas coloridas, mantendo-as como novas por mais tempo, se­gundo explica Daniela Cabrillano, gerente de produtos de cuidados com a casa da Colgate-Palmolive, fabricante dos produtos. Ela ressal­ta ainda que a nova fórmula conta com a tecnologia Odor Free, que neutraliza o mau cheiro e deixa um aroma refrescante no tecido.

Daniela afirma que as pessoas estão cada vez mais preocupadas com a saúde e bem-estar, por­tanto o interesse pela prática de atividades físicas vem crescendo. “Geralmente as roupas esporti­vas são escolhidas com carinho e o investimento nas peças cos­tuma ser alto. Pensando nisso, criamos o Ola Sport, para uma lavagem diferenciada dessas rou­pas esportivas, que são superde­licadas e merecem um cuidado especial”, diz.

Além disso, a executiva destaca que a maioria dos fabricantes de roupas esportivas recomenda não utilizar amaciante em tecidos dry­-fit – presente em vestimentas es­portivas –, pois esse produto pode desgastar e desfazer as proprieda­des das peças. “Dessa forma, o Ola Sport surge como uma alternativa adequada e eficaz para a lavagem das roupas esportivas”, diz.

Em novembro de 2017, a marca havia lançado Ola Roupas Pretas e Escuras, um lava-roupas indicado para roupas finas e delicadas nes­tas cores. “O produto não danifica nem desbota os tecidos e, além disso, oferece 20% mais proteção das cores, fazendo as roupas dura­rem muito mais tempo.”

Fonte: Redação Revista H&C

2019-02-12T15:06:41+00:0012 fevereiro , 2019|Categoria Teste|